sábado, 11 de janeiro de 2014

Ás vezes, preferiria que ninguém se apaixonasse por mim... Principalmente aqueles que são próximos, porque dessa forma, eu não magoaria e nem deixaria ninguém triste por minha causa ):

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

É meio grande...mas vale à pena ler *o*

Ele: Tenho uma proposta para você.
Ela: Não me venha com suas brincadeiras, por favor.

Ele: Não é brincadeira, é uma “proposta” e nunca brinquei de lhe dá propostas, já?
Ela: É, acho justo você me fazer essa proposta, e rápido, o sinal já vai tocar.
Ele: Tudo bem… me dê um beijo que eu lhe direi o motivo. Aceita a proposta?
Ela: Você enlouqueceu… onde quer chegar com tudo isso?
Ele: Vai me beijar ou não?
Ela: Claro, se você me falar o porque disso tudo, eu posso pensar com carinho. (sorri com a língua entre os dentes)
Ele: Tudo bem… mas é que… que… eu não sei como explicar. (coloca as mãos no bolso da calça)
Ela: E…
Ele: Que droga! Você nunca percebeu?
Ela: Percebeu o que? Eu não estou te entendendo…
Ele: (segura os braços dela, encostando sua testa de junto a dela) Você nunca se perguntou, porque eu te ligo todos os dias pra saber como você está, porque diabos eu enxugo suas lágrimas quando você chora pelo otário do seu namorado, você nunca entendeu porque eu vou atrás de você sempre que nós brigamos, será que você não percebe como eu fico idiota e feliz ao seu lado, ou então porque eu faço de tudo pra te agradar? Você…
Ela: (interrompe) Não fala comigo dessa maneira, você também nunca percebeu porque eu sempre sinto ciúmes de você com suas amigas, ou porque eu sempre saiu das festas sem lhe avisar, pra não ter que suportar você ficando com aquelas garotas, você não percebe nada, nem quando eu te ligo desesperada, inventando as desculpas mais idiotas possíveis, pra que você venha e me faça companhia, será que você não percebe que só contigo eu sou inteiramente feliz, à claro, você também não deve perceber o quanto eu sou “apaixonada por você…”. Agora cala essa boca!
Ele: (silêncio e boquiaberta)
Ela: O que você está esperando?
Ele: Nada… esperando o que mesmo?
Ela: Pra me beijar seu idiota!!!
Ele: (Coloca a mão na cintura da garota e puxa brutalmente seu corpo de rente ao seu, beijando-a vagarosamente).